Por quê as mulheres zombam dos homens que supostamente amam?

Sofia coloca um pouco de champagne na sua taça e balança sua cabeça em sinal de frustração enquanto diz:
“Ele é um idiota.
Eu não posso deixá-lo sozinho por 5 segundos.
Só deus sabe a bagunça que eu encontraria em casa ao voltar”.
Todas as amigas de Sofia sorriem e concordam enquanto outra amiga também faz seus comentários:
“O meu praticamente explodiu o micro-ondas na última vez que se aventurou na cozinha. Não sabe fazer nada.”, disse Laura.
A cena acima é real, e eu a presenciei no último réveillon (passagem de 2011 para 2012).
Em uma festa grande, com aproximadamente 50 pessoas, a grande maioria casais, logo se formaram pequenos grupos de homens e mulheres que conversavam sobre os assuntos mais variados.
Entre uma conversa e outra que acontecia em meu próprio grupo, eu logo notei que o grupo acima que minha namorada estava participando me chamava mais atenção.
Por isso fiquei prestando atenção à distância sobre o que elas falavam.
Como eu peguei a conversa no meio, a princípio eu imaginei que elas estavam falando sobre seus filhos adolescentes, mas logo percebi que a conversa não era sobre eles.
Eu conheço relativamente bem os filhos das duas e até onde sei eles são ótimos garotos e sempre que as duas falavam sobre seus filhos elas se derramavam em elogios.
Pouco tempo depois ficou claro para mim que as pessoas que elas estavam criticando em público de forma tão rude e desrespeitosa eram seus próprios maridos.
Não foi a primeira vez que eu percebi esse tipo de comportamento em algumas mulheres, mas foi a primeira vez que eu percebi o quão desrespeitoso ele é.
Depois daquela noite eu perguntei para minha namorada e também várias amigas do sexo feminino o quão comum é este tipo de conversa e para a minha surpresa todas foram incrivelmente sinceras em admitir que elas ocorrem com bastante regularidade.

Captura de tela 2012-12-29 às 21.19.50

Pelo o que eu apurei, quando um grupo de mulheres se reúne, a conversa eventualmente envolverá seus maridos e namorados – e raramente as palavras usadas nessas conversas serão elogios.
Uma coisa que todas foram unânimes em seus relatos foi que elas não fazem isso sempre que se encontram para conversar, por outro lado admitiram que é algo que acontece um certa regularidade. Segundo elas é uma forma de dividir experiências e um processo de aceitação do grupo.
Mas quando eu perguntei para minha namorada o que as levou a terem aquela conversa durante a festa de réveillon ela não soube me explicar como o assunto começou (verdade seja dita: nem todas as mulheres naquela noite estavam criticando seus parceiros, entre elas minha namorada, mas ao mesmo tempo nenhuma delas reprimiu suas amigas que falavam mal publicamente de seus parceiros).
Segundo minha namorada ela e suas amigas estavam bebendo e conversando sobre amenidades quando Sofia de repente começou:
“O Hamilton é muito chato.
Tentei fazer com que ele fizesse aulas de dança de salão comigo, mas ele sempre diz que está cansado.
Ele é um porre” (talvez seja pelo fato de Hamilton, que é meu amigo pessoal, trabalha em média 70 horas semanais e quando finalmente pode descansar ele quer ficar em casa com seu filho). Apesar deste comentário aparentemente deslocado ter iniciado sem qualquer motivo aparentemente, isso desencadeou um efeito naquele grupo fazendo com que outras mulheres começassem a criticar seus namorados e maridos.
É como se aquele crítica inicial de Sofia fosse o incentivo que Laura, Ana Cláudia e Michelle precisavam para fazer o mesmo.
Após as críticas iniciais de Sofia e Laura, logo foi a vez de Ana Cláudia dizer que seu marido, cujo ela havia recém se casado a menos de 3 meses, já estava passando por uma crise de meia-idade.
Para ela esta “crise de meia-idade” se caracterizava pelo fato do seu marido ter comprado um videogame para jogar nas horas vagas.
Ela terminou seus comentários em meio uma gargalhada “Vocês conseguem imaginar alguém mais ridículo?” e essas gargalhadas foram seguidas por risadas de todas as mulheres naquele grupo.
Eu não consigo imaginar em hipótese alguma um grupo de homens falando de forma tão vingativa e desrespeitosa com relação a suas parceiras; ou, quando isso acontece, este homem rapidamente será reprimido por seus próprios amigos:
“Se você não está satisfeito com sua mulher então porque ainda está com ela?” é uma frase que rapidamente será ouvida em tal situação.
Por outro lado, diminuir e criticar seus maridos parece ter se tornado socialmente aceitável.
E o que é pior: se a mulher não participa dessa crítica aos parceiros ou ao menos não se mostra simpática ao assunto ela começa a não ser vista com bons olhos pelas outras mulheres do grupo.
É como se ela fosse uma “traidora” daquele grupo.
Então porque elas fazem isso?
Foi a pergunta que a psicóloga britânica Jane McCartney fez.
Especializada em psicologia comportamental e terapias de casais, ela conduziu uma pesquisa com seus pacientes e chegou à conclusão que mulheres que criticam seus parceiros publicamente na verdade são pessoas ressentidas e com raiva.
Segundo a Dra. McCartney:
“Algumas mulheres têm inveja do sucesso de seus parceiros.
Pelo fato delas não terem uma carreira de sucesso como seus maridos e namorados, elas sentem como se tivessem pouco ou nenhum poder e controle na relação. Ridicularizar seus parceiros parece ser a única forma que elas encontraram de se sentirem melhor.
Mulheres que se sentem confortáveis em sua vida raramente ridicularizam seus parceiros”.
A pesquisa de McCartney identificou que atualmente, em um mundo cada vez mais competitivo, se espera de muitas mulheres que elas sejam ótimas mães, mas também que tenham uma carreira de sucesso.
Porém, muitas mulheres ainda não se adaptaram a esta nova realidade e quando uma delas falha na carreira ou na vida pessoal, os parceiros começam a virar alvo de críticas.
Desesperadas para que não pareçam dependentes, muitas dessas mulheres tentam diminuir seus parceiros publicamente para que ao mesmo tempo elas pareçam maiores aos olhos das pessoas em seu círculo social.
Além do claro desrespeito ao parceiro (você consegue imaginar uma mulher que aceitasse ser humilhada publicamente por seu marido?) a psicóloga ainda identificou um problema ainda mais preocupante neste comportamento: o efeito que ele tem nas crianças.
Mulheres que se divertem criticando seus parceiros em público raramente os tratam com respeito quando estão na privacidade do lar.
Crianças que presenciam suas mães constantemente criticando e desrespeitando seus pais crescem acreditando que existe alguma coisa errada com a figura paterna.
Em outro estudo realizado pela Universidade de Kent, no Reino Unido, demonstrou que quando chegam aos 8 anos de idade, garotos acreditam que as meninas se comportam melhor e são mais bem sucedidas que eles.
O estudo também mostra que quando chegam aos 14 anos de idade já existe uma ideia estabelecida que as meninas são mais competentes que os meninos e é natural esperar que elas tenham bom desempenho.
Ao mesmo tempo, um garoto que se esforça e tem bons resultados é comumente rotulado como nerd e outros adjetivos nada agradáveis.
Algumas escolas no Brasil já oferecem grupos de estudos unicamente para meninas.
São horários reservados fora do horário escolar onde os professores reforçam a matéria e tiram dúvidas, mas onde apenas meninas podem participar.
A explicação dada pelas escolas que apoiam tal iniciativa é que sem os meninos no mesmo grupo as garotas não são dispersadas pela bagunça dos mesmos.
Além das razões óbvias do porquê este tipo de segregação é errada, afinal ela estimula o preconceito de sexo ao excluir um grupo de contato com o outro (vocês conseguem imaginar aulas de reforço em uma escola que separa brancos de negros ou onde meninas não podem participar?), muitas dessas escolas não oferecem serviços similares para que os meninos tirem suas dúvidas.
No final das contas, todo esse desrespeito e sentimento anti-masculino é algo extremamente danoso na mente dos garotos.
Como eu disse no início do texto, o episódio que ocorreu na noite de réveillon foi a primeira vez que percebi o quão triste e comum tal atitude é, mas certamente não foi o primeiro.
Puxando pela memória, me recordo de certa vez receber uma ligação de uma amiga para ajudá-la com seu carro que havia arriado a bateria perto de minha casa.
Quando eu cheguei lá eu comecei a fazer uma ligação direta entre o carro dela e o meu enquanto ela derramava sua frustração:
“Homens são todos inúteis.
Pedi para o Fábio (seu marido) olhar a bateria do meu carro, mas ele não fez isso.
Se você quer que uma coisa seja feita direito então peça para uma mulher”.
Quando ela disse isso eu imediatamente respondi:
“Primeiro: se o problema está acontecendo no seu carro então porque você mesma não levou seu carro para ser consertado ao invés de jogar a responsabilidade sobre seu marido?
Segundo: não se esqueça que quem está te ajudando agora é outro homem”.
– Porém, o que me magoou mais não foi a forma totalmente desrespeitosa que ela falava sobre seu marido ou a sua ingratidão com relação a minha ajuda.
O que me deixou realmente triste foi ver o filho de 6 anos desta minha amiga, que estava sentado no banco de trás do carro, ouvir sua mãe discursar toda sua misandria sobre como os homens são incompetentes.
O que passará na mente desta pobre criança em ouvir sua própria mãe dizer que ele é um inútil e incompetente simplesmente por ser um menino?
Felizmente nem todas as mulheres têm este comportamento deplorável.

R7-Homem-ou-mulher-lider

Patrícia é outra amiga muito próxima que eu conheço a mais de 20 anos e que recentemente teve um filho.
Infelizmente o seu parceiro simplesmente sumiu quando a criança tinha apenas 8 meses de idade.
Entretanto eu nunca a ouvi falar sequer uma palavra ruim com relação ao seu ex-marido.
Ela foi uma das mulheres com quem conversei quando estava escrevendo este artigo e segundo ela este é o principal motivo para não fazer isso:
“Meu filho tem o direito de pensar que seu pai é um herói e eu não quero que ele cresça pensando que existe algo de errado em ser homem apenas porque eu tive uma experiência ruim com outro homem”.
Eu admiro muito Patrícia por ela pensar dessa forma e eu gostaria que mais mulheres também pensassem assim.
Mas independente de existirem filhos ou não na relação, nunca é aceitável que homem ou mulher, ridicularize alguém que supostamente ama.
Um dos pilares de qualquer relacionamento saudável é o respeito e sem respeito é impossível existir amor de verdade.
Ao contrário do ex-marido de Patrícia, a maioria dos homens são pessoas decentes, bons pais e bons companheiros então é natural que eles sejam tratados com o respeito que merecem.

2231209-8310-rec

Fonte: Blog Masculinismo

41 comentários em “Por quê as mulheres zombam dos homens que supostamente amam?

  1. MDI disse:

    A meu ver, tal critica que desvaloriza o marido é também uma forma de projeção de frustração própria, por não conseguir um homem mais abastado, projetado ou com maior status social ou profissional, situação que faria ela se render incondicional diante da elevada projeção do marido e “se sentiria mais” diante das outras mulheres (típica forma de se sobrepor sobre as outras) e o exaltaria. Uma vez que falta tanta projeção, embora ele seja um trabalhador, pai de família, digno, resta a ela essa segunda forma de tentar se (maliciosamente) projetar, se gabando dele para se projetar sobre as outras como se ela estivesse acima do nível de seu marido, coisa que as outras não estariam (em relação aos próprios maridos) se não se comportassem da mesma forma. Ou seja: ou você é um homem destacado ou você precisa de muita habilidade para ser respeitado. A indiferença (fingir que ela não existe e dar um gelo por longo período, a cada falta) ou o desligamento (deixá-la, ainda que por um período, no qual ou ela reconhece o erro e volta por baixo, sem moral e você não alivia isso ou ela não reconhece e você arruma outra). Ficar com alguém que te rebaixa é o primeiro passo para levar chifres, ficar doente, ser zombado por conhecidos etc. Dê a volta por cima, não aceite ser rebaixado nem caia na besteira de discutir relação, dê gelada por longo período ou troque-a.

    • Rafael H.R. disse:

      Respeito é o fundamento de qualquer casamento. É o fundamento do próprio amor. Se uma mulher ver os talentos de seu marido não com admiriação, mas olhares de afronta e inveja, ela não merece uma aliança no dedo.

  2. Julio disse:

    A esther vilar falou no livro dela que o homem em si não é o suficientemente importante para a mulher. Mulher deseja o suporte financeiro e o filho, e como ela consegue isso? Através do homem.

    Eu tendo essas informações em mente, máximo que eu irei querer é relacionamento casual (por onde nascem boa parte da nova geração). E suporte financeiro, elas que procurem em outro.

  3. liberator disse:

    Estava sentindo sua falta, parabéns pelo seu trabalho, Eu tenho certeza que se você não escreveu neste período foi devido às suas responsabilidades. É ótimo ler seus textos neste mundo vaginante.

  4. piloto disse:

    quem trabalha ou faz muito erra muito,
    quem trabalha ou faz pouco erra pouco e
    quem eh safado/a não faz por… nenhuma, não erra e eh promovido no trabalho ou na vida.

  5. Rafael H.R. disse:

    Parabéns pelo artigo, empalador. Não é um tópico realmente instigante ou polêmico com os últimos… mas gostei da forma informativa, imparcial e educada de passar uma informação útil. Aguardo ansioso pelas próximas postagens.

    PS: Feministas reclamam que, sempre que tem duas mulheres conversando num filme, elas estão falando de homens, invariavelmente. Culpa dos homens e o PATRIARCADO, segundo elas.

  6. Jack Saint disse:

    O texto é bom , só que foi retirado de um blog cujo adm se diz feminista, vários comentários lá são de feministas, o que na minha opinião acaba tirando um pouco da credibilidade dos argumentos, fico feliz que tenha postado novo algo novo, pensei que tinha abandonado o blog kkkkk

  7. Ze do buteco disse:

    algo está muito errado com as mulheres modernas. não é natural zombar ou falar mal de quem ama. deveria ser o oposto.

  8. Terminnator disse:

    Eu passei longos anos da minha vida acreditando no nós homens não prestavam os por causa de comentários desse tipo vindo de minha mãe, sempre falando mal do meu pai. Ate´que um dia eu resolvi não permitir que falasse mais dele, já que percebi que tinha algo errado.

  9. Fernando disse:

    “No final das contas, todo esse desrespeito e sentimento anti-masculino é algo extremamente danoso na mente dos garotos.”
    Concordo plenamente,no mundo moderno os meninos são criados sempre com a crítica constante de que os homens não prestam e são crués por natureza,esses mesmo garotos quando crescem se tornam verdadeiros eunucos achando que somente as mulheres são seres perfeitos e angelicais e que nunca estão erradas e merecem todo o respeito do mundo,esses são os mesmos meninos que serão os manginas do futuro que facilitarão a vida delas,serão os CSP paspalhos e são os mesmos que serão desprezados por elas nos tempos da escola para elas ficarem com marginais do fundão.

  10. Dexter Morgan disse:

    E eu pensando que o Empala´ tinha sido sequestrado por uma feminazi, ou tinha se revoltado com o mundo e estava morando nas motanhas.

  11. Marcus disse:

    eh isso ja aconteceu comigo 2 vezes a primeira foi no passado era fissurado na garota e ela sabia que eu gostava dela e por intermedio das amigas delas soube que ela FALAVA MAL DE MIM pelas costas a outra vez foi a pouco tempo pedi pra um amigo meu desenrolar uma garota pra mim ele falou coe m ela ele me contando disse que a garota RIU MUITO e fez a desculpa mais ridicula que eu ja vi disse que eu era muito novo pra ela ¬¬ porra eu com 23 anos na cara so novinho msm

    Empalador vc esta certo elas gostam de cafajestes homens horados são humilhados e desprezados elas não tem tesão pelo correto e SIM PELO ERRADO mulher e um ser que se atrai PELO MAL busca coisas proibidas não e a toa que foi EVA a primeira a comer o fruto proibido e não ADAO elas são masoquitas com seus jogos psicologicos maltratam a mente dos homens nos tornando escravos do sexo elas sabem que o unico poder que elas tem sobre nos eo poder sexual por isso elas levam vantagens pois sabe que somos fracos em assunto de sexo
    Ja percebi isso tem uma colega que namora um merda o cara mete um monte de chifres nela mais ela não larga ele por nada e olha que as brigas são violentas e tenho um primo cafajeste e tem 2 mulheres que ele ja namorou pegou usou esculalhou e isso faz ANOS e dps jogou fora ate hoje elas ligam pra ele querendo saber como ele esta e querendo voltar a ficar com ele msm sabendo que ele metia chifres nelas aos homens que estiverem lendo essa mensagem deixo um recado ACORDEM meus irmão a vida que vcs vivem e UMA FARSA uma ilusão tudo esta contra vc a midia politica religião etc.. tudo prevalece elas espero que um dia vcs acordem do msmo jeito que eu acordei

    e para os descrentes que ainda não acreditam no que eu disse vejam com seus propios olhos pq a imagens não mente

    elas gostam de homens violentos veem apanham apanham mais continuam com eles ea natureza delas deixem de ser trouxas !

    esse e um video de um suposto cafajeste falando a verdade sobre as mulheres

    e me disperço com aglumas passagens biblicas

    joão 8 :32

    ” Conhecereis a Verdade ea verdade VOS LIBERTARÁ”

    galatas 4:16

    “Vou me tornar teu inimigo,pois DIGO A VERDADE !!! “

    • Alberto G disse:

      O vídeo me lembrou que um colega recusou uma mulher porque ela queria transar sem camisinha devido a sensibilidade. Uma colega (já casada) falou que odiava a camisinha pois para ela era um fracasso. Quando se come bucetas bem arregaçadas (pobres coitadas) o pinto cai para fora e você não sente, e ela é quem o pega e o reintroduz. Conheço um cafajeste que dos vinte aos trinta e tantos anos nunca transou de camisinha até pegar uma grande bolota no pinto, ele me contou os seus macetes, como é fácil, quando se é alfa, fazer a cabeça dessas fraquinhas, até putas ele pegava de graça. E a mídia governamental ainda tem o descalabro de culpar unicamente aos homens pelo aumento da SIDA na população feminina, sobretudo na faixa dos 50, a faixa que elas já não têm muito a perder.

  12. jc disse:

    Já escutei aqui no trampo algumas minas dizendo “meu namorado aquele corno” e blablabla…o pior é que o cara esta mais pra motorista da mina pois fica disponivel o tempo todo. Acorda mane! tu vai levar uma rasteira se pintar oportunidade.

  13. marlon disse:

    ja estava ficando preocupado pensei que o blog tinha acabado . ainda bem que não .

  14. Diego Ramon disse:

    Posta mais!!!

  15. Leonardo disse:

    Depois de mais de um mês vc voltou!!! Ainda bem Empalador salvador de vidas!!! Olha ta na hora de falar de um post sobre aquelas mulheres que falam que todos os homens não prestam(como se trepasse com todos os homens do mundo) e depois da uma de feminista e vira lésbica e como tem muitas assim e até gostosas, só que na real não falam que esses homens era os mais vagabundos da raça masculina e como tradição generalizam um todo.

  16. Paulo disse:

    Amigo Empalador, hoje é o “Dia da Farsa”. Hoje é o dia em que as nossas “amigas”, como diz N.A, estão com seus egos mais inflados do que nunca. Hoje é o dia em que a mídia se dedica unica e exclusivamente a bajular as mulheres de manhã até a noite. A arrogância feminina chegou a um ponto tal que, depois que descobri a Real, nunca mais desejei parabéns nesse famigerado dia a mulher nenhuma, nem mesmo minha mãe, muito embora seja ela a única mulher do mundo que o mereça. Por causa disso, várias “amigas” e conhecidas minhas vieram me cobrar os parabéns. Sinceramente, não me dei nem o trabalho de responder. Fica a dica pros demais membros da Real, muito embora eu saiba que já agem assim de forma natural. Se acabarmos com os mimos dessas criaturas, tenho certeza que nosso mundo tenderá a se tornar melhor.

  17. pedro disse:

    Meu amigo Sergio está noivo; a mina até que é gata . Um dia eu , ele e mais outro amigo estavamos num barzinho e o Sergio ficou tirando onda dizendo que ele só pegava Gata e que ia casar com uma gata e tals.

    Mas a chapa esquentou quando ele começou criticar a timidez do meu outro amigo. Daí meu outro amigo acabou com ele metendo a Real perguntando : QUANTOS ml DE PORRA DE CARAS DIFERENTES JÁ PASSARAM PELA LINGUA DE SUA NOIVA ? voce já pensou nisso? ou voce pensa que a sua porra foi a primeira que ela lambeu? Tá tirando onda porque vai sustentar uma boca que já chupou kms de cacete?

    Esse meu amigo Sergio ficou c/ a cara no chão e nunca mais zoou ninguém.
    Hoje em dia mulher nenhuma merece que o cara case com ela.

  18. allan disse:

    Gênio!confesso que li pouco pq estou com sono,mais compartilho de muitas ideias que você disse.na minha opinião uma fruta podre estraga as outras no cesto sim,e isso fica bem claro para mim se tratando das hipócritas, falsas românticas,pregam o amor mais no fundo dinheiro e bens matérias são o que importa.trabalho em um shopping e acho incrível a cara de pal e capacidade delas.tipo,98 % das que vejo com namorado,logo com um playboyzinho de carro importado,até ai ok,n tã ruim nem bom,pior é o fato dela se sentir superior a você por isso e se achar um ser superior,humilhando e te tratando como se fosse um lixo,um mané..tem uma menina que trabalha comigo que diz que príncipe encantado para ela é um idiota com carrão e dinheiro que paga algumas contas para ela.n tenho inveja,quero mais é que as pessoas sejam felizes,mais para mim essa hipocrisia tem que acabar,amor,amor,amor…vai para inferno!
    por enquanto estou indo no puteiro,mas espero que essa praga chamada instinto sexual saia de mim e nunca mais volte.sonho um dia em não gostar de (homem,que já n gosto) e muito menos de mulher,é o que penso e foda-se quem descorde.
    durante a minha vida tive muitas ideia inteligentes a respeito do assunto mais infelizmente acho que n consegue expressar bem aqui,mas prometo voltar melhor com o meu ponto de vista.continuem com o site.

  19. braiam disse:

    Assistam esse vídeo, recomendo.

  20. Diego Ramon disse:

    Mestre Miyagi please n demore muito a postar, to ancioso pelo próximo post XD

  21. Nilsengard disse:

    Camaradas, ontem 13/03 eu liguei a tv e estava na Record, programa “Hoje em Dia” eu acho, tinha uma mulher detetive que era especializada em flagras de adultério. Ela dizia que o homem é muito burro pra esconder traição, dá muita bandeira. O Celso Zucatelli e o Edu Guedes perguntaram então como é quando se trata da mulher. Ela respondeu: a mulher se produz todinha e o marido/namorado acha que é pra ele e fica todo alegre, mas na verdade, ela fica bonita pro outro.
    Apresentadores: – Então quando a nossa mulher está toda bonita, a gente tem que se preocupar???.
    Detetive: – Ah! O importante é que ela está bonita. NÃO IMPORTA O QUE ELA FEZ!
    Os apresentadores ficaram estarrecidos com tal declaração.
    Eu entendi que pra esta detetive, a beleza da mulher justifica qualquer desvio de carácter.
    .
    Mais engraçado foi quando ela começou relatar os casos de traição, POIS TODOS OS RELATOS ERAM SÓ DE TRAIÇÃO FEMININA KKK.
    Inclusive o caso que ela disse que mais partiu o coração dela foi de uma mãe que ficou com marido da própria filha kkk.
    Neste ponto, a Chris Flores interrompeu desesperada rsrs, falando: “Ah! mas fala de traição masculina também, pois a gente sabe que homem trai também”.

    Não assisti ao resto, mas o que tenho a dizer é: Não adianta Chris, a traição feminina se tornou muito mais frequente e perversa que a masculina e hoje não está dando mais pra disfarçar. Até uma MULHER detetive fala isso rsrs.

    Quem puder ver o vídeo, eu não tenho, não sei onde baixar.

  22. Experimento da vida disse:

    não deixem de ver as próvaveis teorias do senhor dexter, onde eu sou o autor.

    Uma das minhas primeiras teorias formuladas é a da língua genital.

    A teoria da língua geniatal prevê que nós homens também podemos amarrar qualquer mulher por um processo mais simples que não seja ameaça ou macumba.
    No meu estudo pesquisei em cobaias o processo da atração. Escolhi ratos da classe “A” e da classe “B”. ratos da classe “A” são mais ativos e tendem a procriar mais rápido.

    Amarrei os dois grupos de machos em estacas onde só seria permitido o movimento de suas cabeças e nesse mesmo recinto soltei uma fêmea.

    os ratos da classe “A” se sairam melhor ultilizando a lingua como meio de atração e manipulação. Como não podiam mais se mexer ou andar, usavam a língua como fonte de poder e atração.

    os machos da lingua maior tentavam seduzir a fêmea e em boa parte conseguiam em 90% das vezes. Já os machos da língua pequena ficavam deprimidos e acabavam morrendo de tumores na pata ou testículo.

    Depois de 5 anos de estudos elaborados, resolvi contratar cobaias humanas que por um preço barato resolveram participar.

    As pessoas se sujeitaram a passar pelo mesmo processo e incrivelmente o resultado foi o mesmo.

    Inês, a fêmea foi atraída pelos machos da lingua maior. Após isso, ela foi atraída pelo macho que acumulava mais histórico de fodas no experimento.
    Resolvi tentar em casa. Me a marrei e vi que minha mulher se sujeitou à língua.

    Logo, deu certto!

  23. MIGUEL LEANDRO disse:

    NOSSA SERÁ SE SOU 1 HOMEM CAFAJESTE? Ñ ESTOU MENTINDO JA TRANSEI COM MAIS OU MENOS 37 MULHERES JA TRANSEI COM 4 MULHERES CASADAS E 5 Q TINHAM NAMORADOS SEMPRE QUIZ SER FIEL A 1 MULHER PORÉM POR EU PENSAR Q ESSA TAL MULHER PODERIA ME TRAIR EU ACABEI TRAINDO E POR MINHA SURPRESA SEMPRE ME PROCURAVAM DEPOIS ENTÃO FICAVO SEM ENTENDER ATUALMENTE ESTOU ME INVOLVENDO COM 1 COROA DE 40 ANOS GRAVEI 1 VIDEO COM ELA DEPOIS VOU JOGA NA NET HAHA PARA VCS VER MAIS ENTÃO NO MUNDO Q VIVEMOS Ñ VALE A PENA SER FIEL POS TODA MULHER TRAI SE VC FOR NAMORAR SERIO 1 CASAR PEGA OUTRAS MULHERES TB ESCONDIDO POS VC NAO SABE SE SUA COMPANHEIRA ESTÁ APRONTANDO COM VC HAHAHA FUI

  24. jenival dantas da silva disse:

    Artigo bem elaborado e as ideias estão bem congruentes com a realidade. A mulher atual ver o marido/namorado como um otário provedor q não serve para nada. Elas só se relacionam para buscar aprovação social e quando enjoam dos betas metem o pé na bunda com força. Morreu Maria preá. Particularmente não faz parte dos meus objetivos namorar/casar, pois não traz vantagens nenhuma para o homem.

  25. viviane disse:

    Gostei do texto.. olha, em geral ngm é ruim ou bom, ou ,melhor, mas quando esse assunto rolava na minha roda de amigas, eu falava somente para minha melhor amiga : vc ta abrindo espaço para os outros falarem mal do teu namorado.. dps de um tempo ela começou a se incomodar.. se eu n respeito meu marido, vou esperar oq dos demais?

  26. viviane disse:

    Miguel leandro, eu nunca trai um namorado meu.. e tenho amigas que traem e outras não, vc realmente merece um par de chifre.

  27. emanoel disse:

    caras as mulheres estao cada vez mais doentes esse é o problema..

  28. Claudio disse:

    Só é traído quem namora ou casa…raciocínio lógico….logo é ´so não inventar um “compromisso”, aí pode rir a vontade e ainda tem uma boa grana para gastar nas boates…com maravilhosas g||Ps, que mulheres, essas sim….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s