A mente doentia das mulheres parte 2, mulheres com síndrome Bordeline

É bem comum as mulheres se vangloriarem nas redes sociais e até mesmo no dia a dia de sua loucura, elas estão tão anestesiadas e possuem um complexo de superioridade tal, que acreditam que até mesmo a demência feminina é normal.

O que eu vou fazer agora é um alerta.
Nos dias de hoje, com os sites de relacionamentos, nós nunca sabemos exatamente quem está do outro lado, e convenhamos, é difícil encontrar alguém relativamente normal hoje em dia.
Antes de iniciar um relacionamento com alguma mulher faça alguns testes com ela primeiro, não se deixe levar pela sua emoção e carência sexual.
Pelo fato de que somente o homem é capaz de amar de verdade, os homens tendem a não dar atenção ao seu instinto de sobrevivência.
Ouça aquela voz na sua mente que diz a você o que deve ou não ser feito. Desconfiou de algo, caia fora!

Estima-se que em um futuro não muito distante, a maior parte dos problemas dos seres humanos serão de ordem psicossomática.
Certa vez, pesquisando sobre problemas mentais, eu li algo que me deixou surpreso, uma grande parte das mulheres sofrem de um problema mental chamado síndrome bordeline.

A desordem de personalidade borderline é diagnosticada quando alguns ou todos estes sintomas estão presentes:

• Um longo histórico de emoções turbulentas ou instáveis, incluindo frequentes demonstrações de raiva inapropriada;

• Um padrão de impulsividade e relacionamentos caóticos, incluindo, mas não limitado, a impulsividade de gastar dinheiro, uso de drogas, relacionamentos sexuais, compulsão alimentar e furtos em lojas;

• Reação intolerante, muitas vezes hostil, de ficar sozinha;

• Repetidas crises e atos de auto mutilação, como cortar os pulsos ou abuso de medicamentos. Existe um exame mais aprofundado dos comportamentos comuns de uma pessoa que sofre desta desordem, mas você provavelmente não irá achá-las detalhadas na literatura médica disponível. O que vem a seguir são traços comportamentais que observei em anos lidando com mulheres bordeline em ambientes clínicos e na vida real.

• Uma facilidade para mentir e manipular, particularmente usando a simpatia e a adulação, mas também para listar a ação de outras pessoas que ela possa utilizar para vantagem própria no futuro, com fins vingativos ou de retaliação;

• Uma propensão para inventar acusações de estupro, abuso sexual e violência doméstica;

• Uma capacidade praticamente infinita para praticar vinganças pelos menores, ou imagináveis, motivos;

• Um prazer sádico de causar danos injustificáveis contra os outros que são vistos por ela como inimigos, ou mesmo contra aqueles que ela considera que não as ama o “suficiente”;

• A capacidade de justificar e racionalizar qualquer comportamento abusivo, não importa o quão extremo ou quão inocente é a vítima. Não seguem um norte moral;

• A demanda incessante que os outros gostem dela, mesmo com ela causando destruição na vida de inocentes;

• A visão distorcida que o abuso que elas infligem não é abuso, mas reclamar ou reagir contra este abuso é algo abusivo para elas.
Para ler o excelente artigo de Paul Elam sobre pessoas que tem síndrome boderline, clique aqui

Nos dias de hoje, todos acreditam que a instabilidade mental e emocional feminina é algo normal e que “faz parte” da mulher ser assim.
Estão completamente errados.
Toda mulher adora “sugar” o homem pra intermináveis discussões sobre a “relação” mas as mulheres que tem síndrome borderline irão levar você a exaustão completa.
A mulher que sofre desse problema mental vai prejudicar muito a sua vida e você não vai perceber o que esta ocorrendo.

Se você tiver o azar de cair em uma relação com uma mulher que tenha síndrome bordeline, só te falo isso: fuja sem deixar rastros, porque é só uma questão de tempo até ela te jogar em um mar de problemas do qual vai ser muito difícil você conseguir sair depois.
Existem diversos níveis dessa doença, mas se notar qualquer um dos sintomas que estão descritos nos links que eu postei, significa que é bem provável que essa pessoa tenha síndrome bordeline. Pense bem, se uma mulher “normal” já vai te trazer inúmeros gastos e problemas, imagine uma mulher que tem sérios problemas psicológicos.
Eu sei do que estou falando, porque eu passei por isso.

A mente doentia das mulheres parte 1

“As mulheres tem duas grandes armas, lágrimas e maquiagem”
Napoleão Bonaparte

Nós homens gostamos do sexo pelo sexo pelo sexo em si, as mulheres não.
Elas gostam da carga de emoções que pode vir junto com o ato sexual.
Pra isso é preciso que o homem não seja romântico e, ao contrário do que elas dizem, elas odeiam o romantismo e principalmente odeiam homens inteligentes.
Se você tentar promover um debate com uma mulher, não irá demorar muito para ela fugir da situação, elas não suportam um raciocínio lógico porque a mulher é um ser ilógico por natureza.

Nesse video, é demonstrado a imensa diferença entre os cérebros masculino e feminino:

O homem não quer saber da profissão, status, ou da inteligência da mulher até porque convenhamos, é meio difícil encontrar alguma mulher que consegue conversar. Elas nutrem tamanho descaso para com os homens que preferem ficar mexendo no celular ou olhando para os lados do que conversar.
A mulher, ao selecionar um homem para que este seja seu parceiro sexual (estou me referindo a baladas, encontros sexuais, etc) elas observam coisas que para os homens não fazem o menor sentido.

Exemplos:

Elas observam o nível social do homem, se tem grana serve não só pra sexo mas também pra mostrarem para as amigas, e com isso alimentam o ego delas mostrando superioridade frente as fêmeas rivais.

Beleza:
O homem que esta acima dos padrões de beleza considerado mediano, sem duvida tem muito mais facilidade pra conseguir não somente uma namorada como também pra conseguir mais sexo de qualidade e que não seja fornecido pela mulher a conta gotas.

Tamanho do pau:
Elas medem mentalmente e comparam o tamanho do pau de cada homem que as comem.
E isso pode significar em alguns casos comparar o pau de milhares de homens.

Altura:
como toda mulher deseja se sentir inferior ao homem, elas dão uma grande importância pra esse quesito, a altura é fundamental pra mulher e raramente você vê uma mulher alta com um homem baixo, só se ele for rico, se o homem for baixo mas for bombado/cafajeste e tiver carro ele consegue comer muita mulher.

Atitude:
Se ele é um homem que tem “pegada” que na pratica significa tratar a mulher como uma puta, satisfazendo assim o desejo que quase toda mulher tem de ser uma prostituta.
Essa fantasia é tão forte na mente feminina que se um homem comer uma mulher hoje e não der no mínimo uns tapas na bunda dela, imediatamente é por ela taxado de “frouxo” e “sem pegada” e imediatamente “queimado” por ela em seu círculo social, eu mesmo desisti de comer por mais vezes algumas mulheres por causa desse sadismo delas.

Resumi ao máximo os exemplos de como a mente da mulher atual é doentia, mas vou contar dois casos que ocorreram comigo.
Conheci uma mulher em um site de relacionamentos e ela saiu de uma cidade vizinha e veio me buscar porque segundo ela eu tinha “a pegada” e parecia ser muito mau, é impressionante como elas ficam excitadas com essa coisa de dar pra um “cara mau” não é a toa que nunca falta mulheres pros bandidos comerem nas cadeias!
Quando estávamos indo para o motel (conta dividida, nunca paguei nada pra mulher alguma) eu estava meio distraído no carro, quando eu olho vejo ela medindo a largura do meu pulso.
Quando eu pergunto porque ela estava medindo a largura do meu pulso, ela diz:
“Nossa, que pulso fino!”

Ela ainda tentou usar isso como “arma” pra me humilhar (novamente o sadismo delas) mas eu imediatamente comecei a fazer piadas sobre a loucura dela (nunca deixe passar a ocasião, a reação deve ser imediata) aí foi ela quem ficou muito sem graça com a merda que ela fez.

Minha ex-namorada também tinha uma mania imbecil de andar nas pontas dos pés pra parecer mais alta do que eu, obviamente eu tirei tanto sarro dela que ela parou com essa coisa ridícula.
Toda vez que alguma mulher tentar humilhar você, sempre demonstre bom humor, mesmo que seja falso e devolva na mesma moeda e ainda conte algumas piadas sobre mulher, isso é fatal pra elas.
Se você tiver uma reação emocional e demonstrar raiva, ela terá vencido, e isso será o inicio de uma terrível tortura psicológica que ela fará contra você.
Não se iluda!
As mulheres são cruéi e impiedosas com os fracos.

O fim do relacionamento e a destruição econômica do homem

Alguns caras que saíram da matrix vem conversar comigo, pedir conselhos e tal…e um deles fez um texto e ele postou esse texto em um dos grupos do facebook contando como foi o relacionamento dele com a primeira namorada.

Foi um desastre do inicio ao fim, mas um desastre só pra ele, que perdeu tempo e acima de tudo muito dinheiro.
O homem que está na matrix não enxerga mesmo, mas o pior é o estrago financeiro que o homem tem que administrar durante toda a sua vida.
Esse é o maior estrago, porque sem dinheiro o psicológico vai pra bosta, o cara entra em depressão, os amigos correm dele e as mulheres então…nem chegam perto…isso destrói o homem por dentro.

Aparentemente ele até pode tentar demonstrar que não foi atingido, mas foi, e se ele não souber resolver isso de uma vez por todas a coisa vira uma bola de neve e em alguns casos pode chegar a se transformar em psicopatia, o homem surta e mata por causa de uma mulher, a mídia mostra isso direto.

Recentemente, um conhecido meu me disse que gastava 70% do salário dele com a namorada, e quando eu meti a real nele ele parou de falar comigo e isso só mudou quando a namorada dele o trocou pelo gerente da empresa que ele trabalhava.

Certa vez um cara que trabalhou comigo não quis falar comigo por um mês quando eu tirei sarro dele porque ele comprou um carro em 60 parcelas mas não somou o quanto iria pagar no total, ele me disse que se ele fizesse uma conta dessas não teria coragem de comprar o carro, realmente é um burro.

Ficar rico honestamente é extremamente dificil, mas se você viver em um pais que esta crescendo, estudar, trabalhar, economizar e souber investir a sua grana o retorno vira, mesmo que demore muito.
Eu comprei as minhas primeiras ações aos 20 anos, e naquele tempo não tinha essa de “procurar no google”, você tinha que aprender.
Mas infelizmente a grande maioria não pensa assim e gasta até o último centavo com bebidas, drogas e mulher.
Esquecem de que para os homens não existe capitã salva-putos.

Elas arrancariam até a sua alma se pudessem!
Duvida? Então clique aqui
O homem precisa compreender que quase tudo na vida depende de dinheiro, nesse vídeo, vemos como se calcula o custo de uma relação estável com uma mulher:

Dicas para o desapego ( pós termino do relacionamento)

1-) Saia da matrix, sem isso nada será possível.

2-) Evite ao máximo chorar, mesmo que você esteja destruído emocionalmente, sua postura mental é em grande parte influenciada por sua postura física, portanto aja como um homem e não seja mais um cagalhão!

3-) Não jogue fora ou delete as fotos, poemas, filmes amadores, enfim qualquer merda que vocês dois fizeram, durante os primeiros 4, 5 dias, olhe pra essas coisas, e isso fará você enxergar de forma inegável o quanto elas não se importam com os seus sentimentos, o quanto são loucas, volúveis, dissimuladas e na maioria esmagadora das vezes interesseiras.

4-) Pense em outras coisas, malhar ajuda muito, sair com os amigos e comer outras mulheres também, embora muitos talvez não consigam faze-lo porque estão muito abalados, mas tente fazer aquilo que você gosta e entenda que ela não é o centro do universo.

5-) Se ela terminar com você, mas ao mesmo tempo deixar “uma ponta de duvida” e ficar insinuando que talvez aja um retorno, se preciso for ligue pra ela e de um ponto final na relação, nos homens somos seres lógicos e por isso é tão importante para nos uma resposta definitiva, já elas, por serem masoquistas por natureza, gostam mais da duvida porque ai elas podem sofrer, ou então fazer sofrer pra com isso alimentarem o seu ego gigantesco.

6-) Se puder, mantenha uma observação relativamente atenta sobre os fatos que ocorrem na vida dela após o fim do relacionamento, essa observação a que me refiro e através das redes sociais e não pra você bancar o retardado indo vigia-la de madrugada escondido no quintal da casa dela, né o jumento!!

Isso porque qualquer homem que tenha pelo menos uma bola no saco, vai perder qualquer interesse que talvez ainda tenha ao ver sua ex flertando com outros homens e elas são tão frias e rápidas no “gatilho” que imediatamente elas estão atrás de outro macho.
Essa observação deve ser interrompida após um período máximo de 4 meses, isso é só pra você enxergar o quanto elas são volúveis e fúteis mesmo.

7-) É bem comum as mulheres fazerem seus ex-machos de “miguxos”, elas sabem o quanto são burras, incapazes e complicadas, e fazem de tudo pra terem um”resolvedor” de problemas por perto, negue isso a ela, ela nunca vai admitir, mas sempre irá admira-lo por isso.

Como as mulheres sabotam as próprias mulheres e a misoginia feminina parte 2

Fiquei impressionado quando vi os dados do estudo de Kelly Valen, porque isso só comprovou a minha teoria sobre o nível de violência da mulher atual.
A mulher persegue e sabota as outras mulheres de forma bem mais violenta do que os homens, na realidade no ambiente de trabalho a grande maioria dos homens ajudam as mulheres na esperança de que com isso vão conseguir sexo com elas.

Está aumentando cada vez mais a quantidade de mulheres que odeiam e evitam conviver com outras mulheres.
Sempre tive curiosidade em saber exatamente o que motiva a misoginia feminina e sempre que apareceu alguma oportunidade eu conversei com mulheres que diziam odiar as outras mulheres.

As características psicológicas das mulheres misógenas

As mulheres misógenas sempre possuem algum nível de distúrbios mentais, isso é meio óbvio mas é preciso que se diga.

Elas nutrem um grande sentimento de inferioridade perante as outras pessoas, especialmente frente aos homens.

Elas guardam dentro de si uma imensa inveja dos homens e acreditam que os homens são “seres superiores” e embora a maioria delas neguem, se elas pudessem escolher, escolheriam terem nascidas homens.

Todas essas mulheres, em algum momento de suas vidas tiveram seus interesses (em todos os sentidos) prejudicados por uma ou mais mulheres.

A maioria das mulheres misógenas trabalha somente com mulheres, ou em ambiente de trabalho em que a grande maioria dos funcionários são mulheres.

Elas comparam a todo momento as atitudes femininas com as masculinas e sempre pensam o quanto um homem agiria de forma diferente (e mais eficiente) diante de uma situação qualquer.

A grande maioria das mulheres misógenas demonstram ter um interesse por sexo menor do que as “mulheres comuns”, isso se deve também a alguns “traumas” que algumas delas tiveram com outras mulheres que roubaram o “seu homem”, para nos homens isso é patético, mas as mulheres de um modo geral aparentemente já nascem traumatizadas.

As mulheres misógenas “cultivam” diariamente a sua misoginia, inclusive tentando convencer os homens a odiarem, e em alguns casos, até mesmo a agredirem outras mulheres (algumas delas são mazoquistas “pesadas”).

Todo ser humano busca a aprovação da sociedade, ou no mínimo de um determinado grupo, as mulheres buscam principalmente atraírem machos para si porque com isso além de conseguirem vantagens financeiras, ainda conseguem alimentar o seu próprio ego demonstrando ser uma”fêmea” superior as suas competidoras, é quase impossível uma mulher ter amigas de verdade porque elas competem mortalmente entre si.
As mulheres misógenas demonstram grande desprezo pelas pelas outras mulheres, mas são capazes de realizar sacrifícios incríveis para terem a aprovação dos homens ou de algum homem em particular, creio ser bem difícil uma misógenas ser lésbica.

Uma grande parte (creio que 40%) das mulheres que sofrem desse distúrbio mental foram ou são agredidas pela mãe , e também competem com a mãe pela atenção do pai.
Elas podem eventualmente sofrer algum nível de violência física ou psicológica de outras mulheres no trabalho.

Elas acreditam que é dever do homem demonstrar virilidade, isso inclui fazer sexo com a maior quantidade possível de mulheres, a grande maioria das mulheres pensam dessa forma também, mas as misógenas não fazem a menor questão de esconder esse pensamento, ao contrario deixam bem claro o que pensam
sobre esse assunto.

A maioria das mulheres misógenas gostam de serem submissas, embora sejam mais corajosas do que as “normais”.

A grande maioria das mulheres misógenas são solitárias, algumas raramente fazem sexo e só encontrei uma que era ninfomaníaca e mesmo assim ela era extremamente seletiva com os homens que ela escolhia para o sexo.

A esmagadora maioria dessas mulheres são realmente independentes financeiramente, e demonstram possuir maiores níveis de inteligência e cultura do que as mulheres “normais”.

A maioria delas diz querer “matar todas as mulheres” mas pelo que eu saiba nenhuma realmente chegou a fazer isso, mulheres falam muito e fazem pouco.

A maioria delas acredita ser normal a mulher servir de “objeto sexual” para o homem, algumas delas quando encontram um alfa se tornam extremamente dóceis, fieis, românticas e sonhadoras.

Na maioria das vezes elas demonstram um certo grau de infantilidade, porém dificilmente se percebe isso logo no início.

A maioria das mulheres misógenas são menos propensas a fazerem os jogos emocionais que as mulheres “normais” adoram fazer, embora também façam alguns joguinhos emocionais visando testar o nível de interesse que são capazes de despertar nos homens, mas num grau bem menor.

Elas demonstram grande interesse por tudo que é do mundo masculino, principalmente esportes e filmes violentos, não se interessam tanto por pornografia, embora se o “seu” homem quiser, elas não vêem grandes problemas em satisfaze-lo.
Mas algumas dizem ser insuportável pensar que podem ser trocadas pela “puta” que dá no filme pornô.

Elas normalmente são mais “caseiras” e deprimidas do que as outras mulheres, e preferem ler livros, mas não os de romance.

Cheguei a várias conclusões sobre as mulheres misóginas, com algumas delas eu me relacionei de forma mais íntima e outras foram apenas companheiras de trabalho.

Como as mulheres sabotam as próprias mulheres e a misoginia feminina parte 1

As feministas vivem berrando merdas do tipo: “Os homens são violentos e maltratam as mulheres, eles oprimem as mulheres!”

Mas a o tempo passa e a verdade sempre aparece.
Tudo o que eu vou escrever aqui eu sabia, porque sempre observei essas coisas nos lugares aonde trabalhei, em momentos de lazer ou em relatos de várias mulheres.
A programação genética feminina faz com que as mulheres sempre busquem a máxima atenção e aprovação masculina.
Isso ocorre porque a mulher precisa atrair o maior numero de machos possível para selecionar os destacados ( alfas) para procriar.
Ocorre que o tempo passou, as coisas mudaram mas isso não alterou a programação genética da mulher (e nem do homem).

Isso faz com que as mulheres, ainda mais do que os homens demonstrem ter um comportamento predatório no seu circulo social e que visa destruir a reputação das outras mulheres que são instintivamente encaradas como concorrentes na eterna disputa pelos mais destacados.

Esse é um fato real, impressionante e acima de tudo revelador e não vejo nenhuma feminista sequer mencionar esse estudo.

Kelly Vallen, uma jovem americana que sofreu maus tratos por parte de suas colegas e “amigas” da irmandade universitária, depois que souberam que tinha sido abusada sexualmente por um colega.
No entanto, em vez de abandonar a fraternidade, Kelly dedicou-se a saber a causa do ataque feminino.

Ela realizou uma enquete com 3.020 mulheres norte-americanas entre 15 e 18 anos de idade, para conhecer as suas atitudes.
Com os resultados, Kelly escreveu um livro onde detalha que 90% das mulheres entrevistadas mencionaram ter uma grande amiga ( ou elas acreditam que sejam) ; não obstante, 84% assinalou ter sofrido por causa de alguma outra mulher, isso demonstra a vontade das mulheres de destruírem a vida de outras mulheres.

Muitas vezes, as mulheres agem de forma inconsciente sem saber que estes comportamentos podem marcar uma pessoa pelo resto de sua vida. Em geral elas apelam mais para a ofensa psicológica que a física, e o ambiente de trabalho é o local onde existem a maior quantidade de agressões entre mulheres.
O Workplace Bullying Institute, destaca que em 2010, 80% de mulheres empregadas sofreram algum tipo de assédio por parte de outras mulheres.

As agressões mais comuns são a sabotagem e o abuso de autoridade.
Estima-se que duas em cada 10 mulheres sofrem de bullying trabalhista, que vai desde a agressão verbal até a física que em geral resulta na dispensa de uma das duas ou das duas mulheres envolvidas.

Saiba mais sobre bullying no link do WORKPLACE BULLING INSTITUTE

Veja essa entrevista com Kelly Vallen :

O seu artigo no New York Times criou uma tempestade on-line , tanto as mulheres com empatia e aqueles que pensaram que estava sendo muito dura.

O que você aprendeu?

Kelly Vallen : Que eu não estava sozinha nestes sentimentos e ansiedades.
Eu pensei que as outras mulheres estavam desfrutando de suas amizades na sua maior parte, e eu era a única que estava pensando sobre algumas dessas questões em um nível mais profundo.
Foi inacreditável ver centenas de mulheres estendendo a mão, dizendo que estes comportamentos realmente precisam parar.
Mas eu realmente não gosto ficar so falando na blogosfera.
Eu gosto de pensar em mim como uma pessoa forte, mas que foi muito difícil.
Havia muitas más interpretações e ataques pessoais.
Um monte de mulheres que não concordavam com você parecia querer jogar a culpa em outro lugar – nos homens, especialmente.

O que você pensa sobre isso?

Kelly Vallen : Eu não estou dizendo que o sexismo não existe, mas eu acho que é justo segurar um espelho, ao mesmo tempo, enquanto mantemos os megafones.
As mulheres estão realmente se machucando, e estamos fazendo isso uns com os outros de muitas maneiras.
Eu sei disso porque eu já ouvi isso de 3.000 mulheres.

Sobre as mulheres, o que surpreendeu você?

Kelly Vallen : Vamos começar com as boas notícias.
Noventa por cento das mulheres disseram que tinham uma amiga sólida em sua vida.
Isso é uma notícia maravilhosa. Mas 84% dessas mesmas mulheres disseram ter sofrido ferimentos real e genuíno nas mãos de outras mulheres.
Que me chocou.
Mais do que isso, 88% disseram que havia uma corrente de maldade e negatividade que assola o gênero.

Porque você acha que a mulheres têm capacidade de ferir mais as outras ?

Kelly Vallen : As mulheres têm um estilo diferente de se relacionar – que significam muito para si.
Estamos socializados desde a mais tenra idade e confiamos uma na outra.
Eu acredito que quanto mais perto você estiver, mais risco tem de ser ferido.
Há que citar, “Os homens podem ferir meu corpo, mas as mulheres vasculham a minha alma.”