Sobre as mulheres “bem sucedidas” parte 2

Essas mulheres que possuem uma verdadeira fixação em serem bem sucedidas em tudo, sabem que o principal patrimônio que a mulher possui é o corpo dela!
Até mesmo nas faculdades os alunos homens reclamam que os professores não se importam em ensinar um homem, mas quando se trata de uma mulher, o professor oferece até aula particular grátis.
O homem que aceita manter um relacionamento com mulheres assim, provavelmente será traído e se não tiver uma mente forte pode acabar em depressão porque ele pode acreditar que só foi desprezado e traído, porque é um homem inferior.
Mas para mulheres assim, todos os homens são inferiores, mesmo os Alfas.
Como ela sempre conseguiu tudo com muita facilidade, acaba não dando valor pra nada.
Essas mulheres, especialmente aquelas que vieram de famílias ricas, e que tiveram seus estudos custeados pelos seus pais, acreditam que os homens que não tem um diploma e um bom patrimônio são seres repugnantes e que sequer merecem tocá-la.

Essa idéia de superioridade funciona pra mulher como uma espécie de “purificador” é como se os erros dela no passado tivessem sido apagados porque ela tem destaque na sociedade (mais uma influencia da mídia, e a última moda agora são ex-prostitutas que se tornam subcelebridades e se casam com matrixianos iludidos).
Como os homens não tem nenhuma mulher para financiá-los, eles precisam trabalhar muito mais do que as mulheres!
A carga horária dos homens é em média 15% superior e muitos homens trabalham em 2 empregos porque além de terem que se sustentar, precisam pagar pra ter sexo e a atenção das mulheres.
O custo para o homem manter um relacionamento hoje é altíssimo!
No mínimo o homem precisa ter um carro, já pras mulheres basta abrir as pernas e como a mulher não tem visão de futuro, ela acredita que sempre vai ter esse poder.
Então muitos homens começam a trabalhar bem jovens, enquanto as mulheres apenas estudam e com isso garantem empregos mais qualificados no futuro.
Isso também revela uma falta de visão dos homens atuais, que priorizam sua vida sexual e amorosa e deixam sua educação e cultura em segundo plano.

Essas mulheres ricas e que possuem as vezes mais de um diploma, enxergam o homem comum como um acomodado, um fracassado.
Muitas inclusive descartam manter um relacionamento com um homem legal, que talvez seja até atraente pra elas, mas por causa do desnível financeiro essas mulheres ignoram os homens com menor nível de escolaridade e riqueza.
Alguns desses homens as vezes acabam se tornando homens bem sucedidos no futuro, e essas mulheres não sentem vergonha de proporem a eles uma reconciliação, e que as perdoem pelo erro(proposital) que elas cometeram no passado.

O fim da ilusão de poder das mulheres rodadas

No passado, o mundo vivia sob os códigos de conduta do patriarcado.
A mulher que fosse promíscua ou não conseguia se casar, sempre tinha enormes dificuldades pra conseguir um homem que a aceitasse.
Mas com a destruição do patriarcado pelos países ocidentais, no ocidente as mulheres passaram a fazer exatamente tudo o que elas sempre quiseram sem precisar dar satisfações a ninguém.
Como conseqüência, veio a gigantesca arrogância feminina, porque a mulher não sabe lidar com a própria liberdade e com os privilégios que ela possui.
Finalmente veio a destruição da família.
A mulher não é capaz de fazer boas escolhas nem pra ela mesma, porque ela vive num mundo de ilusão, baseado apenas no seu poder sexual e esse poder tem data de validade.
A mulher acredita que o poder sexual dela transcende a sexualidade e acaba fortalecendo a mulher como um todo, é quase como se ela fosse uma heroína.
Mas isso é pura ilusão, o poder sexual feminino tem limitações muito claras.
A limitação do poder sexual feminino fica evidente a partir do momento em que os homens não aceitam manter um relacionamento fixo com mulheres rodadas!
Mesmo com toda a lavagem cerebral que a mídia impõe aos homens nessa questão.

As mulheres crescem acreditando que fazer sexo com muitos homens é um sinal de igualdade com relação aos homens.
A mulher não se importa tanto com igualdade em termos financeiros, como os direitos trabalhistas por exemplo (algo que os próprios homens só começaram a desfrutar a partir de 1940) porque pra elas o sexo é fácil.
Pau é grátis, mas buceta custa caro!
Então na verdade elas nem se importam tanto com isso, mas elas fazem um grande estardalhaço quando se trata de pedir mais compensações e privilégios sexuais.
Quanto mais promíscua a mulher é, mais fria e calculista ela se torna.

A mulher que fez um aborto, sabe que matou o próprio filho, mas nos países ocidentais a prática do aborto está sendo incentivada pela mídia e como conseqüência os políticos visando ter ganhos eleitorais, tratam de legalizar essa prática que ajuda a deformar ainda mais a mente feminina.
Tudo isso ajuda a transformar a mulher em uma aberração em termos morais ao longo da vida!

43 comentários em “Sobre as mulheres “bem sucedidas” parte 2

  1. David disse:

    “Quanto mais promíscua a mulher é, mais fria e calculista ela se torna”.

    É como eu disse em outro blog:

    Nós que estudamos, cuidamos de nossa saúde física, temos estabilidade financeira e o conhecimento e prática da Real, só vamos aceitar novinhas de 15 até no máximo 25.
    Aí elas vão dizer aos quatro ventos “está faltando homens no mercado” ou “eles não querem compromisso sério”.

    Mas nessa altura, ela vai esquecer que já foi novinha, que também só saia com homens destacados e que também não queria compromisso sério.
    Mas afinal, a culpa é de quem????
    kkkkkkkkkkkkkk E o ciclo continua…

    Parabéns pelo blog!

    • lee disse:

      Meninos eu fico estarrecida…. mas posso afirmar uma coisa…. estamos aprendendo com vocês…. o tempo todo…. observamos o comportamento masculino e tentamos o mais possível reproduzi-lo…. como já disse um sábio… o mundo não é uma janela é um espelho!….

      Por quanto tempo os homens trataram as mulheres como objetos? quantos séculos? por quantos séculos elas foram tratadas como inferiores? sem direito a voto, sem direito a propriedade, sem direito ao livre-arbítrio? até a constituição de 1988 eram consideradas incapazes, saiam da tutela do pai para irem para a tutela dos filhos homens… era assim a menos de 30 anos atrás..

      os que defendem o machismo que é a grande maioria este blog…. posso contar as histórias das mulheres da minha família…. todas verdadeiras….

      Minha avó materna, casou-se obrigada, meu bisavô contratou o casamento dela com um bom partido da cidade onde ela morava, ela amava outro rapaz( o outro rapaz era uma excelente pessoa, e amava minha vó), mas se viu obrigada a casar sem amor com outro moço porque o pai mandou. Viveu ao lado do meu avô apesar dele ser mulherengo, saber que ele ia para a casa das guengas da cidade, teve com ele quatro filhos, e como ser uma mulher separada ou desquitada na época dela era algo impensável…. fez até bodas de ouro ao lado dele, viveu ao lado dele até ele morrer. Acredito que no final da vida minha avó já estivesse gostando do meu avô.

      Quando eu era adolescente conheci o senhor por quem minha vó fora apaixonada, já avô também, nos tratou como se fossemos seus netos.

      Minha avó contava que no dia seguinte da noite de núpcias meu avô simplesmente sumiu… ele havia ido para uma revolução que explodira… deixou ela no hotel sem nem avisar nada…. ela foi ajudada pelo dono do hotel para voltar para a cidade deles… só foi ter notícias dele quase 7 meses depois porque o bisavô mandou um empregado dele procurar pelo meu avô.

      Se eu amava meu avô? amava… eu não sabia destas histórias quando era criança… só fiquei sabendo delas quando já era adulta. Eu quando criança adorava meu avô ele vivia contando histórias das revoluções que ele havia participado, era o único adulto que vinha conversar e contar historias para as crianças.. juntávamos eu meus irmãos e meus primos para escutar as histórias dele.

      • Luiz disse:

        “Meninos eu fico estarrecida…. mas posso afirmar uma coisa…. estamos aprendendo com vocês…. o tempo todo….”

        – É claro que vocês sempre culpam os homens pelo seu comportamento né? Desde quando mulher tem que “aprender” com alguém a ser utilitarista, fútil e depravada?

        “Por quanto tempo os homens trataram as mulheres como objetos? quantos séculos? por quantos séculos… BLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLA…”

        – A mesma merda de discursinho vitimista de sempre. Por quanto tempo vocês vão repetir essa lengalenga? Por quantos séculos? Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…

        “Minha avó materna, casou-se obrigada, meu bisavô contratou o casamento dela com um bom partido da cidade onde ela morava, ela amava outro rapaz…”

        – Ví esse filme faz um tempo, passou de madrugada na TV, não consegui ver até o final. O filme era chato e sonolento… e sua historinha também.

      • eduardo disse:

        e por quanto seculos a mulher nao fez nada? por quanto ela era simplesmente uma empregada?
        Não defendo os homens ruins, definitivamente, mas vcs tem q lembrar q a mulher so saiu de casa pra ganhar dinheiro depois da revolução industrial, nao defendo a traição do seu avô, mas dizer q ele tem q tratar a “empregada” como igual? complicado
        e claro, eu defendo essa ideia por causa da epoca, hj eu acho inadmissivel, mas eu nao posso usar valores modernos pra defender ideias e ações antigas. seria dizer q todo chocolate é amargo pq cacau é amargo….

  2. Virtus disse:

    Muito bem, amigo.

  3. Julio disse:

    Se as mulheres nunca envelhecessem, elas humilhariam todos os homens.

    “…como a mulher não tem visão de futuro, ela acredita que sempre vai ter esse poder.”

    Por isso quando elas começam a perder o tal poder, elas levam um “choque”.

    * Quando cito “mulher” nos meus comentários, estou me referindo às mulheres que se vendem.*

  4. leo disse:

    Perfeito.. Faço de suas palavras as minhas ..

  5. Eduardo disse:

    desde que comecei a ler o blog e me aprofundar no assunto tenho usufruido mais de sexo pago do que nos meus ultimos anos. E é so nisso que penso: atraçao fisica. E estou começando a sentir desgosto por um relacionamento e temo ficar velho, com muitos bens materiais (pois n gastarei com mulher), sozinho e me relacionando com mtas mulheres de programa.

    Sei q aqui n é clinica psiquiatrica, mas nao quero isso no futuro, por isso existe alguma soluçao para isso?

    Talves eu sei a resposta mas estou confuso. Pois as melhores mulheres pra se relacionar sao aquelas de baixo auto estima (nao esquecendo de sempre estar alimentando essa baixo auto estima dela) ou mulheres super racionais ( ja me envolvi com uma assim e duvidaria de uma traiçao dela estando comigo).

    Quem for capaz de responder isso, responda

    • Eduardo disse:

      digo isso pq sou desprovido de bens materiais

    • Bernardo disse:

      Estou na mesma situação que vc, e não acho ruim esta situação. Isto é uma forma de greve que os homens tem que fazer para que as mulheres se coloquem no lugar delas………..

    • lee disse:

      preciso te agradecer por me alertar….. vou alertar todas as mulheres minhas amigas, todas as meninas que puder… todas as que conseguir… esse é um processo irreversível meninos… nós mulheres informamos umas as outras o que os homens pensam… como eles agem… e aprendemos tudo o tempo todo… mas fique certo que vou avisar todas as que puder e são muitas e estas muitas vão avisar a outras muitas…. pois nossa revolução é silenciosa…. mas irreversível….

      jamais voltaremos a ser bobas e entregar nossos corações a homens que insistem em nós diminuir
      ” (nao esquecendo de sempre estar alimentando essa baixo auto estima dela)”

      vou postar isso no facebook e nos sites feministas todos para que todas fiquem realmente espertas…. depois não reclamem……. a lei da ação e da reação rege todo o universo…. todo….. lembre-se ela está sempre agindo….

      • Luiz disse:

        Oh não!!! Céus!!! É a LEE, a justiceira!!! Ela coseguiu descobrir nosso plano “perverso” de não sermos capachos de mulher! E agora ela ameaça espalhar a notícia para todas as “meninas inocentes” e suas amigas feministas! Rápido, detenham-na, senão estaremos perdidos! Oh… e agora quem poderá nos defender? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…

        “nós mulheres informamos umas as outras o que os homens pensam… como eles agem…”

        “vou postar isso no facebook e nos sites feministas todos para que todas fiquem realmente espertas….”

        – Mulheres fofoqueiras demonizando os homens na internet. GRAAAAANDE NOVIDADE!

        – As mulheres de hoje são tão vagabas justamente por já serem ESPERTINHAS demais!

        Conclusão: Vai te catar sua LEEsada!!!!!

    • Letícia disse:

      Os homens gostam das racionais? Das equilibradas? Não sei…acho que gostam das vadias e interesseiras…mesmo equlibradas bonitas, não barangas acho que não enchem o ego de ninguém de fazendo de bobas e dependentes…

  6. Bruna disse:

    Embora tenha gostado do artigo como um todo queria comentar a parte que tu falas da diferença entre os sexos quanto a formação e colocação no mercado de trabalho.

    Eu estudo licenciatura e, como requisito para completar o curso, preciso fazer estágios em escolas públicas.

    É imensa a diferença de postura entre os sexos quanto à educação e isso vem de casa.

    Dos meninos, espera-se que, ao chegar nos últimos anos, já procurem trabalho e muitos que mostram interesse pelo estudo e sonham fazer faculdade e ter boa formação, são mandados para cursos noturnos (notoriamente mais fracos), pois tem de trabalhar durante o dia.

    Embora algumas meninas sigam o mesmo caminho, a maioria ainda é mais protegida pela família e possui mais oportunidade de seguir só estudando por mais tempo.

    Sei que, com a situação econômica do Brasil, é complicado manter os filhos só estudando, mas acho fundamental para que eles tenham mais oportunidade no futuro e isso está sendo tirado de muitos meninos perfeitamente capazes de se tornarem bons, engenheiros, médicos, advogados…

    • Skipper disse:

      Tbm gostei do artigo, mas tive q rir do seu comentario, pois como já estive do lado de la da cerca, não como docente e sim como aluno de escola publica, vejo que seu comentario e totalmente equivocado.

      Estudei em uma das piores escolas publicas da minha cidade, e fui chefe de turma todos os anos durante o ens. medio, participando de reunioes com pais, e todos, digo TODOS, sonhavam em ver o filho na universidade, mas logico, sem luxos, mantendo o mesmo padrao de vida do garoto durante o tempo que ele cursa-se o ensino superior, as maes princialmente sonham que o filho seja advogado, medico, ou que apenas passe em algo, eles, ja calejados , querem q o filho nao cometam os mesmo erros q eles, mas a matrix e mais forte.

      Ae entra o fator que voce nao considera, não ha vagas para todos, principalmente em federais, e programas como prouni recebem milhoes de inscritos, oque acontece a seguir e conversa, enquanto as meninas n se importam de sentar e estudar 4,5 anos pois n precisa ostentar nada socialmente (inclui-se ae o fato de elas ja tem em mente q vai conseguir machos de maior valor na faculdade) com o homem acontece o contrario, alem da maioria com potencial n conseguir estudar graças a libido alta, ele proprio busca modos de tornar-se destacado, ou voce pensa q ele trabalha pra ajudar na casa, pra pagar contas ou da o dinheiro pros pais?? e ae entra os sub empregos, os salarios baixos e a carreira comprometida pra sempre, graças aos acontecimentos q se seguem como gastos com baladas, roupas, bebida e outros vicios, filhos, pensao, etc … quando dizem por ae q a real salva vidas nao tem como nao endossar, conheci a real com 17 anos, passei em varias faculdades (incluindo federal) e ja vi colegas do tempo da escola presos, e a grande maioria entregando compras no sol ou batendo massa na rua, incluindo um q trabalhava para pagar o curso pre vestibular da namorada, q ao passar a primeira coisa q fez foi chuta-lo lol.

      Enfim, vc compreendeu o conceito do porq dessa discrepância de generos no nivel superior, so nao entendeu o porq dela existir.

      • Bruna disse:

        Talvez fossem só os meus alunos que passassem por isso, então.

        Os pais destes exigiam que trabalhassem e ajudassem em casa, e universidade pra eles era “coisa de rico”.

        Eu tento espalhar o que leio nesse blog e nos demais que tratam desse assuntos, porque concordo contigo: isso pode salvar uma vida. tem que estimular o pensamento no futuro, no crescimento pessoal e em comportamentos saudáveis pro corpo e pra cabeça.

      • Falou tudo amigo.A alto libido masculina é exatamente a sua maior fraqueza e as mulheres se aproveitam disso prá tira tudo que quiser do homem.o dia em que os homens começarem a se desapegar do que elas tem entre as apenas e se concentrar em crescer financeiramente esse joguinho delas irá acabar em pouco tempo.

      • Rodrigo disse:

        O que o Fernando Oliveira da Silva disse já esta acontecendo no Japão

    • Rhuan Manoel disse:

      Homem que apanha de mulher não merece um pingo de consideração ,e se apanha ,apanha porque quer, e não porque não pode se defender .

      Até um “homem” de 12 anos bate numa mulher .

      Apanhar de mulher ? Hahahahahahaha só rindo pra não chorar.

      • Leo disse:

        No texto não diz q ele apanhou dela,e sim que ela fez uma série de perseguições,que ela apedrejou a casa e o carro dele,enviou mensagens eletrônicas e postagens nas redes sociais, difamando-o e constrangendo-o; ameaçou a ele e ao filho menor do autor,com incêndio criminoso a residência,além de dizer que iria se cortar toda e procurar a delegacia, acusando-o do feito.

  7. Sandro disse:

    Olha eu não sei de onde tiraram que a mulher é mais competente que o homem. Façam um teste. Entrem em qualquer loja e perguntem sobre as especificações de um produto pra vendedores e depois vendedoras. A diferença é brutal. Parece que as mulheres estão ali apenas pra cumprir tabela, receber o salário, você tem a impressão que elas falam no automático, o pensamento provavelmente está na curiosidade de saber o que as amigas acharam de sua última foto da balada postada no facebook. Mulheres em trabalhos mais masculinos tais como peças de carros, insumos agrícolas, ferragens é um verdadeiro fracasso, elas simplesmente não entendem nada do que estão vendendo. Além de serem péssimas negociadoras e estarem se lixando em conquistar clientes. Mas toda essa tranquilidade nós sabemos o porquê. Aquilo que elas tem no meio das pernas que é seu passaporte internacional.

    • Roberto Costa disse:

      Sandro, vocÊ tem toda razão. Tenho notado isso também e, por isso, prefiro ser atendido por homens, pois além de serem mais educados, ainda te explicam o funcionamento e tal. As mulheres só ficam com cara emburrada, parecendo que estão com preguiça de trabalhar. E no caixa pra pagar? Tente fazer um teste. Quando é mulher é uma lerdeza, sem falar na falta de educação. O caixa homem é mais rápido, te dar bom dia ou boa tarde. Agora a pergunta: de onde tiraram essa de maior competência da mulher em relação ao homem?

    • Ah, também não dá para generalizar. Conheci muitas mulheres atenciosas e vendedoras que realmente procuravam se informar sobre o que estavam oferecendo (Um abraço ao pessoal do Ponto Frio de POA, RS). Principalmente uma que estava trabalhando para sustentar a faculdade de Publicidade e Propaganda. Tem mais a ver com personalidade do que com o sexo. Ela teve de procurar uma maneira de melhorar na profissão que estava para poder continuar trabalhando e continuar podendo bancar a faculdade. Aprender sobre o que vende para vender mais, garantindo assim o pão de cada dia.
      Depende do empenho de cada um. O problema é que a geração que está vindo está mais preocupada com as atualizações do Facebook e em manter sua vida superficial – festas, bebidas – perante a sociedade do que realmente se empenhar em se tornar uma pessoa melhor no emprego e na vida. Enquanto continuar contratada e podendo manter seu padrão de vida – ainda que baixo -, continuará feliz.

  8. Concordei em geral sobre o texto, mas um trecho me deixou intrigado:
    “Como consequência, veio a gigantesca arrogância feminina, porque a mulher não sabe lidar com a própria liberdade e com os privilégios que ela possui.
    Finalmente veio a destruição da família.”
    A capacidade da pessoa lidar com a sua liberdade nada tem a ver com o sexo que a pessoa possui (seja homem ou mulher). O problema é que os padrões de liberdade individual que hoje são pregados não combinam com o padrão de antigamente e do autor do texto (minha opinião).
    A família mudou a estrutura, por que a juventude (e a futura mulher que se casará e o homem também) mudou. Quando nos relacionamos, nos tornamos parceiros e as decisões tem que ser tomadas em conjunto. O problema é que cada um quer agir do seu jeito, o que destrói tudo.
    O homem acha que possui o direito de agir como bem entender e a mulher abaixar a cabeça por que antigamente era assim. A mulher não aceita mais ser posta a segundo plano e ser submetida (e com razão!) a vontade do homem como antigamente.
    O problema é que ambos não conseguem encontrar acordo nas decisões que ambos tem que tomar, por isso ocorrem os términos e desestabilizações. Temos que lembrar também que estamos vivendo em uma sociedade de jovens mimados, que ganham tudo dos pais e não sabem ouvir NÃO. Então quando a mulher questiona, ele ao invés de sentar e conversar a manda calar a boca, pensando que vai ser como no tempo dos seus pais. Podemos ver hoje vários filhos com pais separados por que a mulher notou esta mudança no quadro e quis ter sua voz ouvida, mas o homem queria continuar sufocando a vontade e voz da mulher, o que não combina com os padrões de liberdade de hoje.
    O homem é quem não sabe lidar com a mudança no quadro, com o espírito e liberdade da mulher que sempre existiu mas somente agora está sendo libertado. Quer resolver tudo por conta própria, e não consegue ver que se ele se relacionou com alguém, é por que esta pessoa está ali para ajudá-lo. A mulher não quer mais ser sustentada pelo homem (até por que ela pode se auto-sustentar), mas quer sua estabilidade e sua voz ouvida, como no tempo do namoro. Mas o homem se casa e pensa que agora possui “posse” da mulher, sendo que isso não existe. Não mais.

  9. Rhuan Manoel disse:

    Você só pode ser um homem enrustido,porque nenhum homem em sua sã consciência falaria tanta merda !

    Mas se você for homem mesmo ,que pena ,porque é graças a homens como vc que o mundo de hoje está tão feminista .E eu não estou falando daquele feminismo que a mulher lutava pra ter seus direitos como cidadã ,de ter um trabalho digno e ter os mesmo direitos dos homens .Esse tipo de feminismo é até falido .

    Eu estou falando desse feminismo de hoje que põe a mulher como superior ao homem ,que fala que a mulher é mais inteligente (Porra, se fossem mais inteligentes não era pra ser os homens que construiriam (inventariam) tudo que existi no mundo de hoje!),mais madura ,esperta e etc etc

    Esse tipo de feminismo gosta de desprezar o homem e exaltar a mulher !
    Basta ver o que essa mídia de bosta fala da mulher (quase o dia inteiro) e o que fala do homem.

    E tem até um programa chamado “mulher” na Gazeta ,só pra dar um exemplo.

    Então Preste atenção meu camarada ,antes de sair falando merda.

  10. Sandro disse:

    A grande mídia está totalmente nas mãos de capachos e de feministas. As redações de jornais são um verdadeiro antro de discriminação contra o homem. Meus comentários falando umas verdades inconvenientes no site G1 da globo são simplesmente ignorados ou quando publicam a patrulha de manginas e feministas reagem histericamente e os comentários são deletados. A globo foi esperta e criou um botão “denunciar” nos comentários, logicamente a patrulha irá denunciar meu comentário e a globo apagará mas engraçado que os comentários de feministas usando palavras de ofensa, agressão, calúnia continuam postados. E olha que meus comentários são baseados na lógica, não uso de ofensas e agressão, simplesmente clamo por tratamentos iguais. Mas vejam que estamos vivendo um estado totalitário que abafa vozes discordantes. Na China o governo controla a internet, aqui no Brasil a patrulha feminista e todos os seus tentáculos controlam o livre pensamento. Isso é mais grave do que pensamos meus caros. Vamos ficar alertas

  11. Roberto Costa disse:

    Esse Eduardo Oliveira só pode ser uma bicha! Não dá para acreditar que um cara desses entre aqui e fale tanta besteira.

  12. Rhuan Manoel disse:

    Se vocês tem Facebook entrem nesse Link:

    Meu nome está como “Rhuan Vasco” .Eu apenas fiz um comentário falando que o Homem é mais alto que a mulher geneticamente ,daí veio uma série de ataques contra mim (E outros homens) de Homens e de mulheres ,falando que era machista e coisa e tal ,mas eu retruque e falei também ,pra não deixar barato.

    Daí eu parei pra pensar que o feminismo tá mais sério do nunca.
    Já não bastam as mulheres machista ,agora homens também tão sendo .

  13. Rhuan Manoel disse:

    Foi mal ,ali no meu ultimo comentário eu falei:
    “Já não bastam as mulheres machista ,agora homens também tão sendo .”

    Não é machista ,é feminista !
    porque machismo tá quase acabando.

  14. RICHARDI disse:

    “Com o fim da sociedade patriarcal, Finalmente veio a destruição da família..”

    Concordo. A mulher não toma decisões de maneira racional, pois é muito emotiva, e consequentemente impulsiva. Por isso é incapaz de criar uma família sozinha. O pai, o homem, já é diferente, ele é menos emocional por natureza.
    Vejo que com a destruição do patriarcalismo o número de divórcios aumenta, e cada vez mais mulheres tomam o papel do homem na família. Isso só pode dar merda.
    Minha opinião galera… reconheço que existem mulheres que são honradas e verdadeiras guerreiras, como minha mãe, mas esse modelo que a mídia impõe, que a mulher pode ser independente, é uma verdadeira falácia e muitas acreditam nesse modelo, e acabam desamparadas quando entram na menopausa.
    De qualquer maneira, esse blog é muito interessante. Aguardo novidades por aqui.

  15. Ellis disse:

    HAHAHAHAHAHAHAHA MUITO BOM VER HOMEM SOFRER!!!! NÃO TENHO DÓ MESMO!!!

  16. Renata disse:

    Quanto papo furado!
    Na primeira parte deste post relacionam o ‘ser bem sucedida’ com ‘promiscuidade’.
    Agora inventam mil e uma historinhas se colocando como vítimas dos seres cruéis que nós mulheres somos.

    JAMAIS daria chance a um cara que usa a libido como desculpa de ter estudado menos, por favor! Vou eu estourar a bolha de vocês, sou exemplo prático de que mulher trabalha desde cedo também. Tinha 15 anos quando arrumei o primeiro emprego, ainda assim sigo firme nos meus estudos.

    Reclamam de ter que sustentar uma mulher mas são extremamente machistas, como pode?
    É meio paradoxal não gostarem dessa situação, se não querem sustentar ninguém deveriam apoiar alguns princípios feministas… Namorado meu não paga minha entrada em festas, nem minha parte no jantar e, se aceitar, até a conta do motel eu divido.

    Mulher trabalha mal? Meus amigos, não generalizem! Na empresa que trabalho, ano passado contrataram a primeira executiva mulher em 50 anos. Se eu quero um cargo significante preciso me esforçar infinitamente mais que qualquer homem para notarem o merecimento de promoção. E, quando finalmente alcançamos aquilo que queremos, sempre terá um(a) engraçadinho(a) alegando que só subimos de cargo por termos feito sexo com alguém influente.

    Pelo que li nos comentários, vocês não conseguem se relacionar normalmente com mulheres. Vários disseram que só saem com prostitutas. É óbvio, como teriam um relacionamento saudável detestando tanto o sexo oposto?

    Desejo que sejam muito felizes pagando por sexo eternamente, sem nenhum laço emotivo e sem companheirismos.

    Um beijinho em seus coraçõezinhos frustrados sz

    • Douglas disse:

      Somente atacar nossa pessoa como frustrados e pega-ninguém não muda os fatos e não são argumentos.
      Volte novamente, argumentando e não falando merda.
      Obrigado.

    • Coringa69 disse:

      Renata,
      “pagar por sexo eternamente”? E desde quando existe sexo de graça? Qualquer homem paga diretamente (putas) ou indiretamente (mulheres de “familia”, como vc rsrs).

      “Laço afetivo, companherismo”? Desculpa, para isso existe família e amigos. Desde quando mulher é essencial para Homem? Só serve para ejacular mesmo, com raras exceções.

      Acorda para vida sua vadia mascarada….

  17. Matrixnevermore disse:

    Nós mesmos somos responsáveis por esta situação,tenho namorada e sempre digo a ela para racharmos qualquer lugar que vamos,ela é obvio não gosta,mas quero que se foda até prq ela ja tem 40 anos,tem dois filhos,onde ela encontrará um cara de 32 anos,sem filhos,que faz faculdade e um bom emprego?Ela sabe que a essa altura encontrara até homens mais novos porém que só querem sexo sem compromisso e por isso ainda não meteu o pé na minha bunda.Outro tipo de mulher que não exige de vc são aquelas desprovidas de uma beleza surreal,pois são carentes,querem um relacionamento com homens que as aceitam como são e fazem de tudo para agrada-lo,mas nós homens devemos nestes casos cooperar com ela.

    Essa tal de Renata com certeza deve ser dessas citadas nos tópicos,corpinho em cima,emprego bom,carro…enfim estabilizada financeiramente e bem sucedida na conquista amorosa,por enquanto…mas me avise qnd começar a cair tudo pra saber estará na mesma situação,tendo que pagar pra dar pra homem,se sujeitando ao rídiculo de frequentar clube das mulheres com filhos de 20 anos ou mais…belo exemplo para ele ou ela…

  18. Bianca disse:

    Poxa, eu sou mulher, e vou dizer, foi um tapa na minha cara tudo isso foi dito no artigo. Parabéns pelo blog. Estão me ensinando bastante.

  19. “A mulher que fez um aborto, sabe que matou o próprio filho, mas nos países ocidentais a prática do aborto está sendo incentivada pela mídia e como conseqüência os políticos visando ter ganhos eleitorais, tratam de legalizar essa prática que ajuda a deformar ainda mais a mente feminina.
    Tudo isso ajuda a transformar a mulher em uma aberração em termos morais ao longo da vida!” Discordo pois muitas mulheres usam o filho gerado para conseguir mais riqueza ainda veja exemplo dos retardados mentais do futebol… e mídia. Sou abortista mesmo, sou ateu e com orgulho pois não dependo de muletas espirituais para enfrentar minha condição humana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s